Notícias › 31/03/2017

CBJP convida membros para inserção nos debates e mobilizações sobre PEC 287

O secretário executivo da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), Carlos Alves Moura, assinou carta-aberta do organismo lembrando a convocação dos bispos contida na nota sobre a Reforma da Previdência, divulgada no último dia 23. “O chamamento feito pelos nossos pastores, impele as comissões justiça e paz a procurar formas e meios para atender ao chamado de nossos bispos”.

Como sugestão de envolvimento das comissões diocesanas, Moura indica a inserção nos debates e mobilizações nas regiões do Brasil, a identificação dos deputados que atuam nas dioceses e arquidioceses, de modo a não aprovarem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 “pelos graves riscos nela embutidos à Segurança Social, especialmente aos mais vulneráveis”.

O secretário executivo do organismo, que é vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), também lembrou da aprovação do projeto de lei que trata da terceirização em todas as atividades de uma empresa, “com impactos negativos sobre a Previdência Social, ampliando a precarização do mercado de trabalho, favorecendo o crescimento do número de trabalhadores que não contribuem regulamente com a Previdência”.

No texto, aprovado pelo Conselho Permanente da CNBB, disponível aqui, os bispos elencam alguns pontos da proposta, considerando que a mesma “escolhe o caminho da exclusão social” e convocam os cristãos e pessoas de boa vontade “a se mobilizarem para buscar o melhor para o povo brasileiro, principalmente os mais fragilizados”.

Acesse o texto na íntegra.

Por CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Comunidade Emanuel Brasil 2014 - 2017 © Todos os direitos reservados