Notícias › 14/09/2017

Em rede social, Papa Francisco pede que líderes mundiais evitem a guerra

Em uma mensagem enviada via Twitter, o Papa Francisco pediu orações para que os líderes mundiais evitem a guerra. “A guerra é a negação de todo direito. Rezemos por aqueles que têm a responsabilidade de evitar a guerra entre os povos”, disse o Santo Papa.

Esta não é a primeira vez que o Sucessor de Pedro se pronuncia a respeito dos atuais conflitos entre nações. Em abril, em entrevista ao periódico italiano “La Repubblica”, o pontífice já se manifestara a respeito dos combates armados. “Acredito que o pecado hoje em dia manifesta-se com toda a sua força de destruição nas guerras, nas várias formas de violência e abusos, no abandono dos mais frágeis. E aqueles que pagam são sempre esses últimos, os desarmados”, disse ele.

Em outubro de 2016, durante a tradicional missa celebrada na Casa Santa Marta, o Papa também se manifestou contra os horrores da guerra. “Deus chora hoje”, ressaltou Francisco, pela humanidade que não entende “a paz que Ele nos oferece, a paz do amor”.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Comunidade Emanuel Brasil 2014 - 2017 © Todos os direitos reservados