Notícias › 03/07/2017

Papa encoraja esforços para eliminar a fome e desnutrição

O Papa Francisco enviou uma mensagem aos membros da FAO (órgão da ONU para Alimentação e Agricultura) reunidos nesta segunda-feira, 3, na 40ª Conferência da Organização. Como Francisco não pôde comparecer, a mensagem foi lida pelo secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin.

Francisco assegurou que a Santa Sé acompanha com atenção a atividade internacional e quer ajudar a orientá-la para favorecer a eliminação da fome e desnutrição. Ele defendeu que toda a família humana deve socorrer aqueles que estão em necessidade a fim de que cada pessoa tenha preservado seu direito de estar livre da pobreza e da fome.

“Partindo da consciência de que os bens confiados a nós pelo Criador são para todos, é urgente que a solidariedade seja o critério inspirador de toda forma de cooperação nas relações internacionais”, declarou.

O Santo Padre destacou que, diante da situação do mundo, não se pode ficar somente preocupado e resignado. Os momentos de dificuldade devem tornar o homem mais consciente de que a fome e a desnutrição não são somente fenômenos naturais ou estruturais de algumas regiões, mas o resultado de complexa situação de subdesenvolvimento.

Movido pelo desejo de encorajar os governos, o Papa anunciou que também ele se une com uma contribuição ao programa da FAO para fornecer sementes às famílias rurais que vivem em áreas de conflitos e de seca. “Este gesto contribui para o trabalho que a Igreja leva adiante segundo a própria vocação de estar ao lado dos pobres da terra e de acompanhar o ativo empenho de todos em seu favor”.

Francisco encerrou o discurso lembrando que a Agenda para o desenvolvimento 2030 pede esses esforços, quando reitera o conceito de segurança alimentar como meta não mais adiável. O Papa enfatizou que somente a autêntica solidariedade será capaz de eliminar o número das pessoas desnutridas e privadas do necessário para viver.

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Comunidade Emanuel Brasil 2014 - 2017 © Todos os direitos reservados