Notícias › 30/08/2017

Vaticano divulga estatísticas sobre a Igreja católica na Colômbia

Um país com mais de 48 milhões de habitantes, sendo a grande maioria católica. Assim é a Colômbia, país que o Papa Francisco vai visitar na próxima semana. Nesta terça-feira, 29, o Vaticano divulgou algumas estatísticas sobre a Igreja no país, com base em dados do Escritório Central da Estatística da Igreja.

As informações são referentes a 31 de dezembro de 2015 e mostram que, de 48 milhões e 203 mil habitantes, 45 milhões e 257 mil são católicos, o que resulta em 93, 9 católicos a cada 100 habitantes. São 78 circunscrições eclesiásticas, 4.397 paróquias e quase três mil outros centros pastorais.

A Colômbia conta com o ministério de 7.236 padres diocesanos e 2.324 sacerdotes religiosos. Com relação ao número de bispos, este somava 128 até o dia 15 de julho de 2017. Seguindo a vocação sacerdotal, são 2.995 seminaristas menores e 3.416 seminaristas maiores. Os leigos também trabalham na evangelização: são 33.358 missionários leigos e 55.376 catequistas.

Não faltam no país diversos centros da Igreja relacionados ao âmbito educativo. Chega a 4.167 o número de centros de instrução que são de propriedade ou dirigidos por eclesiásticos ou religiosos, somando escolas maternais e primárias até instituições de ensino médio e superior.

Com relação ao trabalho de cunho caritativo-social, também há órgãos que são de propriedade da Igreja ou dirigidos por eclesiásticos ou religiosos. São 100 hospitais, 120 ambulatórios, 383 casas para idosos e portadores de deficiências e 604 orfanatos, dentre outros.

Visita do Papa

O Papa Francisco chega à Colômbia na próxima quarta-feira, 6. A quarta viagem internacional de Francisco em 2017 acontece em um momento de reconciliação no país, que vive um processo de paz, marcado pelo recente acordo entre o governo e as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). O tema da visita do Papa é significativo nesse contexto de reconciliação: “Demos o primeiro passo”.

No país, Francisco terá encontro com autoridades civis e religiosas e vai presidir celebrações eucarísticas, momentos de encontro com a multidão de fiéis católicos que se preparam para acolhê-lo. Um dos momentos mais esperados será no dia 8 de setembro: o Encontro de Oração pela Reconciliação Nacional. Também nesse dia o Papa vai beatificar o bispo Jesús Emilio Jaramillo Monsalve e o sacerdote Pedro María Ramírez Ramos, conhecido como o “Cura de Armero”.

Francisco vai ser o terceiro pontífice a visitar a Colômbia, depois do Papa Paulo VI, em 1968, e de São João Paulo II, em 1986. 

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Comunidade Emanuel Brasil 2014 - 2017 © Todos os direitos reservados