Notícias › 07/07/2017

Veja dicas para movimentar as férias da criançada com pouco dinheiro

As férias tão esperadas e merecidas chegaram pra muitos brasileiros neste mês de julho. O período, principalmente para os estudantes, é um alívio, depois de meses encarando os livros e as salas de aula. Para as crianças, a festa também é grande já que chegou a hora de dormir até tarde, brincar com os amigos e curtir a família sem a “preocupação” das aulas.

A pedagoga Juciele Siqueira afirma que as férias são essenciais para o desenvolvimento pessoal da criança, já que neste período elas podem realizar atividades físicas e criativas com a aproximação entre pais e filhos. Também é importante para o crescimento cultural, no caso de crianças que viajarão e conhecerão outros lugares.

O problema é que o período acompanhado de crise econômica não combina. A ideia de férias vem carregada de planos de viagens, dos projetos de conhecer novos lugares, de se divertir até cansar e etc. Todavia, se a verba é curta, o jeito é usar a criatividade.

Em se tratando das crianças, Juciele Siqueira sugere que os momentos com a família podem ser uma boa saída para aproveitar as férias e se divertir gastando pouco. “O momento ‘pais e filhos’ é de grande importância; por causa da correria do dia a dia, trabalho e compromisso, as crianças sentem falta dessa presença”, diz a especialista.

Ela pontuou algumas dicas práticas direcionadas aos pais e/ou responsáveis para entreter a criançada:

“Para começar, algo bem prazeroso seria um piquenique com direito a toalha na grama, estreitando assim o momento de partilha e comunicação, com brincadeiras de roda e cantigas também. As crianças aprendem muitas cantigas na escola, peça para que lhe ensine. Seu filho sentirá a valorização do que aprende na escola e se sentirá importante para você”, observa.

“Confeccionar petecas, brinquedos com papelão (veja receitas no YouTube) e depois brincar com esses brinquedos será bem divertido, pois quando a criança produz o próprio brinquedo coloca nele sua identidade e sua criatividade. Ou até mesmo, sentar juntos para fazer e colorir um desenho. Tenho lembranças de momentos assim com meus pais, pois é de carinho e atenção que as crianças necessitam. São momentos simples, mas que ficarão com carinho na memória e no coração das crianças”, afirma.

Resgate o sonho e planeje-se

Contudo, não custa pensar que no ano que vem será melhor e que a crise pode, até lá, ter passado e, assim, o plano da tão sonhada viagem de férias possa retornar. Para isso, o planejamento deve ser o ponto de partida. Para o administrador Rodolfo Rosa, a falta de dinheiro não pode ser a desculpa para não curtir as férias. Para quem sonha em viajar, o segredo é se preparar com antecedência, mesmo que seja pensando nas férias do próximo ano.

“Você não precisa ser rico para viajar, mas o planejamento pode proporcionar um passeio bem mais completo com um orçamento bem menor e principalmente evitar endividamento”, disse.

Segundo ele, a pesquisa prévia ajuda a conseguir melhores oportunidades. Confira algumas dicas importantes para negociar bons descontos:

“Compre a passagem com antecedência; pesquise diferentes destinos e evite alta temporada – quando pensarmos em viajar, observar várias opções pode ser importante; utilize o poder de pagar à vista – lojistas pagam taxas de 4% a 10% para a utilização de cartões de débito ou crédito e isso pode ser revertido em um bom desconto; viaje em grupo sempre que possível – pode ser mais barato além de poder dividir um número grande de despesas; estabeleça um valor de gasto diário – através deste podemos controlar melhor os gastos extras; peça desconto – pedir desconto não é pecado, além de muitos lojistas já estarem preparados para isso”, pontuou o especialista.

“O planejamento é peça chave para um bom programa de férias, guardar dinheiro para esse fim evita endividamento desnecessário e pagamento de juros altos. Sendo que quanto maior o tempo de antecedência, melhores descontos e ofertas podemos aproveitar”, acrescentou.

Custo mínimo

Para as crianças, qualquer passeio é válido, diz Rodolfo, e aproveitar em família é o importante. Veja o que ele sugere para curtir as férias a um custo mínimo:

– Brincadeira da Tarde: junte as crianças e seus amiguinhos para uma tarde de brincadeiras;

– Piquenique: uma manhã ou uma tarde embaixo de uma árvore ou em um parque municipal, com bons quitutes podem render boas conversas e risadas;

– Festa do Pijama: junte os amigos e faça uma festa antes de dormir;

– Festas Culturais Gratuitas: muitas cidades oferecem atividades gratuitas, tanto para crianças como para adultos, em locais bem diversificados.

“Criatividade, paciência e proatividade fazem com que as férias sejam bem melhores sempre”, conclui Rodolfo.

Por Canção Nova

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Comunidade Emanuel Brasil 2014 - 2017 © Todos os direitos reservados