Comunidade Emanuel do Brasil

Vocação Matrimonial

Gênesis 2, 24 “ Por isso o homem deixa seu pai e sua mãe, se une à sua mulher, e eles se tornam uma só carne.”

Marcos 10, 6 “Mas desde o princípio da criação ele os fez homem e mulher. Por isso o homem deixará o seu pai e a sua mãe, e os dois serão uma só carne.”

Desde o princípio a vocação do ser humano é unir-se a outro de sua mesma espécie, e “foi elevada, entre os batizados, à dignidade de sacramento por Cristo Senhor” (CIC 1601). Antes de qualquer vocação específica é essencial reconhecer-se chamado a vocação de Batizados (filhos adotivos de Deus), chamados à vocação universal à santidade na Igreja, como promulga o Concílio Vaticano II, no capítulo V da Constituição Dogmática Lumen Gentium, pág. 158:

“Por isso, todos na Igreja, quer pertençam à hierarquia, quer sejam dirigidos por ela, são chamados à santidade segundo a palavra do apóstolo: “Esta é a vontade de Deus, a Vossa Santificação” (1 Ts 4,3; cf. Ef 1,4)

As pessoas casadas que se comprometem na Comunidade Emanuel vivem as mesmas graças que os membros dos outros estados de Vida, no coração do mundo o apelo à santidade e a missão na vida quotidiana de união a Cristo.

No seio da comunidade emanuel as famílias vivem nas suas próprias casas, tendo uma vida autônoma, cada casal como cada pessoa recebe de Deus uma vocação particular e responde de maneira única o chamado universal à santidade.

 

Qual convite de vida aos casais da Comunidade Emanuel?

Pelo sacramento do matrimônio o homem e a mulher comprometem-se a entrar numa comunhão de amor cada vez mais profunda, vivendo a sua relação na fidelidade, na delicadeza e no respeito mútuo. O apoio dos membros da comunidade através do acompanhamento, da maisonnée, e do conselho de pessoas competentes constituem um suporte a família.

Como todos os membros do Emanuel, os esposos “comprometem-se, em toda a medida do possível, a um longo tempo de adoração cotidiana…” considera-se a realidade de ser Deus todo poderoso, e na sua infinita bondade e misericórdia auxilia e concede às famílias (e a todos os membros) as graças necessária para viver o carisma que os chama, quais sejam: adoração, compaixão e evangelização. A vida comunitária é suporte para as provações e dificuldades nesse e em qualquer outro sentido, para mutuamente Louvar e suplicar ao Senhor Misericordioso.

Os cônjuges são convidados de forma particular a ter todos os dias um breve tempo de oração para se apresentarem juntos diante do Senhor, confiar-Lhe a sua alegria, as suas inquietações, projetos e intenções para acolher dia após dia, a graça prometida no Sacramento.

Caso você deseje conhecer mais, poderá entrar em contato com um dos polos locais da Comunidade Emanuel, anualmente são realizados retiros como Amor e Verdade, que além de trazer a espiritualidade fundadora da Comunidade, busca encarnar concretamente as realidades familiares, dando diretrizes simples e bem fundamentadas para o cuidado do casal, o serviço à vida dos filhos, as tarefas de educação e outros.

Os casais são na Comunidade Emanuel o aquecedor que porta todos os outros estados de vida, enquanto que os outros estados de vida são para os casais… “Vinde e vede.” (João 1, 39).

Lucas e Bibiana responsáveis local.
Juarez e Angélica em etapa de acolhida e discernimento.

Flickr