Comunidade Emanuel do Brasil

Emmanuel School of mission – ESM Salvador Um mês de quarentena na escuta ao Senhor

Não estava em nenhum dos planos possíveis deixar a programação habitual da Escola de Missão, para “se-trancar” por algumas semanas. É que essa proposta de formação para os jovens é muito intensa: acordar cedo para louvar e adorar, preparar-se para diferentes aulas e, em seguida, iniciar uma missão de evangelização nas casas do bairro, visitar idosos em um hospital e trabalhar com crianças em um projeto de reforço escolar da Paróquia “Nossa Senhora dos Alagados”. Mas há um mês, tudo isso mudou.

 Felipe Arancibia (Chile, 38 anos) é o diretor da ESM Salvador e nos disse que “mantivemos nossos 5 pilares formativos: vida espiritual, formação, vida fraterna, missão e compaixão, mas apenas mudamos as formas”.

 Por exemplo, os jovens fazem um rosário on-line, estão trabalhando na criação de vídeos de evangelização, juntamos três iniciativas de oração para interceder pelos pedidos que recebemos em nosso Instagram e nos sites da Comunidade Emanuel em espanhol e português”, disse Michele Barra, que é membro da equipe ESM.

 Felipe nos diz que todas essas modificações foram resultado das orações e tentativas de ouvir o Senhor, para saber o que pede deles hoje. “Muitas vezes queremos continuar fazendo o que sabemos, mas, como diz o Papa Francisco, devemo-nos deixar incomodar, devemos sair das nossas poltronas e conforto para abrirmos para o novo. Isso nos ajuda a confiar na Providência e no Espírito Santo.” Ele acrescentou ainda que “os jovens continuam recebendo formação e as graças desta grande experiência, mas apenas com atividades diferentes e agora que estamos há um mês no confinamento, percebemos que tudo o que trabalhamos nessas semanas era exatamente o que nossos jovens missionários precisavam”.

 Um exemplo disso é Rodrigo López, um dos estudantes que tem 24 anos e é da Nicarágua. Ele nos disse que “este tempo me fez avançar muito. Antes de vir para a ESM, fiz uma lista das coisas que queria fortalecer e das que queria deixar para trás. Queria rezar mais, sentir desejo de missa (e agora que não posso receber a Comunhão, tenho um desejo enorme por ela), queria deixar alguns vícios e melhorar meu relacionamento com os outros. É incrível que agora eu não tenha dado um grande salto, mas tenho dado passos muito lindos. Eu me conheço e sei que progredi”.

 A ESM Salvador quer compartilhar a experiência deste mês de quarentena, transmitir como eles a estão vivendo e responder às perguntas das pessoas. Para isso, eles nos convidam para um Instagram Live nesta sexta-feira, 24 de abril, às 20h do BrasilSiga-os em: esmsalvador

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Flickr

  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr