Comunidade Emanuel do Brasil

Encontro Comunitário Salvador-BA 2021

No dia 14 de fevereiro, dia de São Valentim, dia em que alguns países Latino-americanos celebram o dia da amizade e do amor, a Comunidade Emanuel em Salvador, retomou o Encontro Comunitário, o primeiro do ano de 2021, na Igreja Sagrado Coração de Jesus, em Lauro de Freitas, Bahia.

Os Encontros Comunitários são diferentes das fraternidades (maisonnée), é para todos os irmãos da Comunidade, para os amigos da Comunidade, e para aqueles que desejam conhecer a Comunidade Emanuel e seus carismas. Ainda com os devidos cuidados, seguindo às normas de prevenção à Covid-19, mas, acima de tudo, sedentos de estarem juntos e celebrar a alegria de ser Emanuel, Deus conosco!

O Senhor falou muitas coisas aos corações neste dia, e foi uma grande felicidade reencontrar os irmãos. Como disse uma das irmãs, Gabriela Reis: “O Encontro Comunitário nos traz ânimo e alegria; estar com os irmãos é como um combustível! Uma alegria que nos preenche! É sempre bom estar com os irmãos!”
O encontro foi marcado por momentos de louvor, Missa, Adoração, formação, partilha do alimento, e partilha da Palavra.

Como citado anteriormente, a formação é também algo que está incluso em nossos encontros. E neste encontro tivemos como tema “A disponibilidade para a missão”, com o padre Walter. Resumindo em 10 tópicos o ensino, com dicas importantes para compreender o que é a disponibilidade da missão:

1- É preciso mergulhar na Palavra, entrar no mistério da encarnação;
2- O testemunho de alguém nos permitiu ou ajudou que vivêssemos nossa fé hoje;
3- Antes de ser missionário tem que ser discípulo;
4- Não podemos ser missionários se estivermos vazios;
5- É uma força, não pela força da palavra, mas pelo testemunho;
6- É preciso saciar nossa sede para saciar a sede do outro. Ou seja, poder encher o “copo de água do outro” e dar-lhe de beber;
7- Consolar o coração do outro faz parte de nossa missão;
8- A missão da Comunidade Emanuel, é a missão da Igreja, porque também fazemos parte da Igreja. Buscamos viver o que a Igreja propõe;
9- É preciso discernir junto com os irmãos para saber o que Deus quer de nós;
10- Se disponibilizar à missão, nos ajuda na liberdade de sermos filhos e filhas de Deus.

E para concluir, como surge a disponibilidade da missão? Primeiro virá o desejo, fruto da evangelização; depois o tempo de amadurecimento e discernimento (que não têm um tempo exato), para então o envio à missão. Entretanto, é importante salientar que a missão acontece no nosso dia a dia.

Peçamos ao Senhor a graça de estarmos disponíveis à missão, aonde quer que seja, a partir do nosso coração e com os que estiverem à nossa volta!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Flickr

    X