Comunidade Emanuel do Brasil

Missão Jovens do Emanuel de Poa

jovensEvangelização de Rua

Os Jovens da Comunidade Emanuel do Polo de Porto Alegre se propuseram em 2016, ano da Misericórdia, se esforçarem pôr a estar mais perto dos irmãos por meio de missões. Neste contexto, foi para eles uma alegria compreender que a primeira missão, realizada no último dia 20 de março, aconteceria no centro de Porto Alegre em parceria com a Jornada Arquidiocesana da Juventude. Para eles que vivem numa cidade grande com um enorme fluxo de pessoas passando evangelizar na rua é quase intimidante, por isso trata-se de uma experiência que os marca profundamente.

OBJETIVO

O objetivo dá proposta é encontrar as pessoas que passavam aleatoriamente e falar com elas.  Dizer simplesmente quem eram, de onde vinham e por que estavam ali.  E depois ouvi-las e fazer com que se sentissem acolhidas pela nossa presença, para que através de nossa passagem elas se sentissem amadas por Cristo mesmo em meio a tanto desamor e provações.

 

Dois testemunhos

“E que grande Graça o Senhor nos reservou. Sair às ruas hoje é sinônimo de perigo, porém o Espírito nos enviou e nos protege, a bondade e o amor de Deus são maiores que qualquer obstáculo ou impedimento, pois nem a chuva que caia fina e gelada impediu que ardêssemos de vontade de ir ao encontro do irmão e falar de Deus. Conversamos com quatro jovens que se dispuseram gentilmente a ouvir e serem ouvidos. Dois deles vieram a nós apenas por terem escutado nossas orações na rua, o que prova ainda mais que Deus realmente envia os sedentos e necessitados. A humanidade tem sede de Deus, e do Seu amor.  Rezamos com eles, intercedemos por suas vidas, de uma forma bem aberta, simples e humilde. De coração para coração. Ficamos aproximadamente uma hora em frente à praça da prefeitura convictos de que para evangelizar não é necessário cruzar montanhas e países, existem irmãos em nosso meio esperando por nós. Basta deixar o Espírito Santo falar. Encerramos o dia com a presença na missa de Ramos da Catedral São Pedro, para agradecer as bênçãos que sempre são alcançadas, e as maravilhas que o Senhor nos deu durante o dia. Uma delas, passar pela Porta Santa. Bem aventurados os puros de coração, porque verão a face de Deus (Mt. 5,8)”

Cheila Azevedo Gonçalves,

jovem em etapa de Acolhida e discernimento na Comunidade Emanuel

“Quando saímos para fazer missão seja ela qual for, não voltamos para casa da mesma maneira, somos os mais abençoados no processo, seja de caridade, de evangelização. Tem um livro “O nome de Deus é misericórdia” sobre o ano que estamos vivendo na Santa Igreja que diz um pouco sobre essa misericórdia de ir ao encontro do irmão: “A Igreja não está no mundo para condenar, mas para permitir o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de Deus. Para que isso aconteça é necessário sair. Sair das igrejas e das paróquias, sair e ir procurar as pessoas lá onde elas vivem, onde sofrem, onde esperam. Nessa experiência simples que vivemos no sábado de Ramos expressamos nossa identidade de Jovens do Emanuel. O sentimento ao sair de casa era o que posso fazer pelo outro que não conheço? E foram apenas minutos de conversa, escuta e prece com jovens pelo Centro de Porto Alegre. Pude sentir o quando precisamos que alguém nos escute que haja mais compreensão e amor.

Luana Cruz,

jovem em etapa de Acolhida e discernimento na Comunidade Emanuel.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Flickr