Comunidade Emanuel do Brasil

Peregrinação das consagradas

DSC01869

 

Acolhidas pela Comunidade Emanuel na Polônia, em torno de 90 mulheres consagradas no celibato na Comunidade se encontraram no Santuário de Łagiewniki, nos passos da Irmã Faustina e do  Papa João Paulo II, entre 14 e 17 de maio passo. Antonia Holstein, responsável pelas consagradas, conta como foi.

Neste ano da  vida consagrada, esta peregrinação excepcional foi uma ocasião de renovar nossa vocação comunitária de apóstolas do amor de Deus e testemunhas da misericórdia.  Este passo se revestiu de uma atualidade muito particular após o anuncio da próxima abertura de um ano santo da misericórdia pelo papa Francisco. “Há momentos – escreveu o Santo Padre –  onde nós somos chamados de uma forma ainda mais forte, a fixar nosso olhar sobre a misericórdia, a fim de tornarmo-nos também sinais eficazes do agir do Pai.”

Acompanhadas e ensinadas pelo Monsenhor Yves Le Saux, Laurent e Christel Landete e Padre Martin Pradère, a peregrinação iniciou-se por uma jornada de memória e oração em Auschwitz (ver fotos abaixo).

 

Com o coração transpassado diante do drama da fúria do mal, nós meditamos durante três dias sobre a profundeza da misericórdia divina, única força capaz de resistir ao mal. “Como o mundo hoje precisa da misericordia de Deus ! Em todos os continentes, o mais profundo sofrimento humano, parece  se elevar a invocação da misericórdia. Lá onde domina a raiva e a sede de vingança, lá onde a guerra semeia a dor e a morte de inocentes, a graça da misericórdia é necessária para apasiguar os espíritos e os corações, e fazer jorrar a paz. Foi isso que proclamou João Paulo II por ocasião da dedicação do Santuário da Divina Misericórdia em 17 de agosto de 2002.

Na capela das aparições de Jesus a Irmã Faustina nós renovamos a oferta de nossas vidas pelo mundo.  No novo centro espiritual  “Não tenham medo”,  muito recentemente consagrado a São João Paulo II, nós renovamos nossa esperança em Deus, repetindo ainda com ele esta oração simples ensinada por Jesus a irmã Faustina : “Jésus, eu confio em ti”.

 

Testemunho:

TestemunhoPâquerette Chevreuil, membro do Conselho internacional da Comunidade quis nos acompanhar também e nos partilhou sua experiência :

“Participar do encontro das consagradas como “externa” foi uma graça! Não somente pela misericórdia, por Santa Faustina, por São João Paulo II e a Polônia, mas também por poder partilhar de um momento de suas vidas, percebendo como elas são belas: simples alegres, naturais e irradiantes, todas elas sendo cada uma bem diferente da outra com sua própria personalidade e sua missão pessoal! Eu percebi a que ponto sua vocação é original entre todas as congregações e associações de fiéis de nossa Igreja. Eu sobretudo compreendi que riqueza elas constitui para cada um de nós qualquer que seja nosso estado de vida e nossa vocação. A intuição profética deste encontro ao pé de Santa Faustina nos mostra de fato como nossas irmãs vão ter a missão neste ano de nos guiar a todos nós no jubileu da misericórdia, para nos ajudar a mergulharmos nos Amor de Jesus, a experimentar a misericórdia entre nós e nos fazer crescer na confiança.”

 

Texto: Redação do site internacional da Comunidade Emanuel (www.emmanuel.info), publicado em francês no dia 05 de junho de 2015.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.